Chope du Château Rouge: boteco para jogar xadrez

Ok, é claro que você não vai querer jogar xadrez quando estiver em Paris. O título deste post é apenas uma provocação para dar uma ideia do quão vasto é o universo dos cafés de bairro da cidade. Neste caso, estou falando do La Chope du Château Rouge, no 18eme, um típico café de bairro da periferia que assume diferentes personalidades ao longo do dia – e onde é possível até participar de uma competição de xadrez.

Pela manhã, é o lugar ideal para tomar café lendo o jornal. O melhor, claro, é sentar no balcão, embora o salão seja enorme e confortável para os padrões parisienses. Por 1 euro você bebe um expresso e, se o simpático atendente gostar de você, vai lhe oferecer um croissant grátis. E apesar do aspecto antigo e decadente do bar, há internet wifi grátis, bastando pedir a senha para o próprio atendente. Ou seja, por 1 euro você toma café, come croissant, lê jornal e usa a internet num ambiente típico parisiense. Bom negócio.

De tarde é que rola a jogatina. As competições de xadrez são sérias e reúnem muita gente jovem, não apenas velhos. Aliás, o lugar é frequentado basicamente por jovens, não se engane com a história do xadrez. Para participar dos jogos, que têm datas específicas e começam sempre às 17h, é preciso se inscrever antes, falando com Philipe, pelo telefone 0649833508. A próxima rodada é no dia 11.

Por fim, pela noite, o La Chope du Château Rouge vira uma grande festa com cerveja barata (2,50 “o demi”, um copo de 250ml). Se durante o dia trata-se de um calmo e típico café frequentado por moradores do bairro, à noite o lugar recebe mais turistas que ficam nos albergues das redondezas. Ou seja, turistas jovens e atrás de festa. Portanto, vale à noite também.

La Chope du Château Rouge
40 rue de Clignancourt. 75018, Paris.
Métro Château Rouge (linha 4)
Fone 01 46 06 20 10
Segunda a domingo, das 7h às 2h.

Aproveitando a viagem:

    • O ponto turístico mais conhecido ao redor é a basílica de Sacré Coeur.
    • O café fica num encontro de três ruas onde há vários outros bares, então a calçada vira um ótimo ponto de encontro do final da tarde para o happy hour.
    • Do outro lado da rua há um excelente e novo brechó, o Hippy Market.

Postado por Gabriel Brust.

About Gabriel B. 70 Articles
Connard, flâneur, ringard.