Café hipster 4 – KB CafeShop

kb1

Com esta quarta dica, encerramos (pelo menos por enquanto) a série de posts sobre a nova onda de cafés “descolados” – leia o primeiro post da série para entender o nosso conceito de “café hipster”.

O KB CaféShop (antes chamado Kooka Boora) fica no olho do furacão da “nova cena hipster” parisiense, os altos do 9ème arrondissement – você deve lembrar que já falamos aqui da Esquina do Rock, nessa mesma região. A área vem sendo chamada de South Pigalle, com a abreviação SoPi (como o SoHo, NoHo ou NoLita, todos em Nova York)Estamos na belíssima Avenue de Trudaine que, apesar de ser chamada avenida, está mais para uma calma e arborizada rua de bairro. Essa área do 9ème fica ao lado de Montmartre, mas é pouco frequentada pelos turistas, que em geral vão em direção à Sacré Coeur, e não para “baixo”. O KB fica na esquina da Trudaine com a Rue des Martyrs, que tem um comércio de bairro autenticamente parisiense, com cafés, floristas e épiceries. Em resumo, a área ao redor do café vale o passeio.

O KB propriamente dito é lotado de gringos que moram em Paris, na sua maioria estudantes e – por alguma razão desconhecida – mulheres. O espaço é pequeno, mas bem distribuído de forma a acomodar a maior quantidade de McBooks possível – e uma vantagem em relação aos outros “cafés hipsters” da nossa série é que ele é cheio de tomadas para plugar telefone e computador. Quanto ao café, é o mesmo padrão “gourmet” dos outros. Cafés caros, entre 4 e 6 euros, mas feitos à perfeição. As opções de comida são poucas, mas o brownie é excelente.

Na relação custo-benefício, é o melhor entre todos os cafés que listamos aqui para se levar o notebook e trabalhar – já que o Lomi não tem tomadas, a Cafèotheque não tem wifi e o Craft cobra pelo tempo de internet. No KB tem tudo isso, e tudo grátis.

IMG_1762

KB CaféShop
53 Avenue Trudaine.
Metro Pigalle (linhas 2 e 12).
Seg – Sex: 07:30 – 18:30
Sáb – Dom: 09:00 – 18:30

Leia também

About Gabriel B. 70 Articles
Connard, flâneur, ringard.