Um jardim escondido na rive gauche

jardin2

Quem pensaria encontrar, em pleno Saint-Germain-des-Prés, uma horta com milho, tomate, abóbora e couve? Essa horta existe e fica dentro de um tranquilo jardim público, onde se pode fazer piquenique sobre a grama ou descansar em um banco sob a sombra das videiras. Escondido atrás de muros altos, o jardim Catherine-Labouré é uma das melhores surpresas da rive gauche de Paris.

jardin4

Antiga horta do convento das Filhas da Caridade, conhecidas por sua “capela da medalha milagrosa”, o jardim é hoje aberto ao público e costuma acolher pessoas que trabalham ali por perto e querem um pouco de paz no horário de almoço, além de alunos das escolas do bairro, que cuidam da horta pedagógica. Por isso mesmo, a época das férias escolares (julho e agosto) é a mais calma para aproveitar o jardim.

Para comprar seu almoço ou abastecer a cesta de piquenique, passe na Grande Épicerie do Bon Marché, a dois passos dali. O jardim também tem vários brinquedos para distrair as crianças e até um banheiro — turco, ok, mas ainda assim um banheiro.

Jardim Catherine-Labouré
29, rue Babylone, 75007.
Metrô: Sévres Babylone (linhas 10 e 12)
Aberto no verão até as 20h30 (na dúvida, cheque os horários no site da prefeitura)

Ali por perto:

  • O Musée Rodin é imperdível para quem gosta de arte. Se a grana estiver curta, visite apenas o jardim do museu: custa 1 euro e garante o encontro com “O pensador”.

Veja também: