Brechó chique e popular lado a lado

A região dos brechós por excelência na cidade é o Marais, no 4ème. Como é uma área mais turística, os brechós estão sempre lotados e a disputa pelas melhores peças será sempre mais árdua. Esses dias a Dani deu a dica de um menos frequentado no 11ème, e hoje listo aqui dois também fora do Marais. Ambos ficam no 18ème, a duas quadras de distância um do outro. Podem ser visitados numa mesma caminhada e são dois brechós de perfis totalmente opostos, e por isso complementares.

Hippy Market

É um brechó de luxo, ou uma “friperie vintage”, que tem duas lojas em Montmartre e uma no 1er arrondissement. Recomendamos essa do metrô Chateau Rouge (linha 4) porque é variada, relativamente nova (abriu em março deste ano) e menos frequentada do que as outras, o que propicia um atendimento mais personalizado. É recomendável chegar lá com o bolso cheio, já que uma camisa masculina não sai por menos de 40 euros. Mas as peças são tão boas que realmente fica difícil acreditar que sejam de segunda mão. Há um sério controle de qualidade que faz do Hippy Market uma loja de roupas melhor do que a maioria. O foco é o vintage, ou seja, peças relativamente novas que tenham um ar antigo, especialmente décadas de 60 e 70, e a seleção claramente é feita por um time jovem que entende bastante de moda. Um endereço imperdível para quem quer voltar para o Brasil com uma peça realmente exclusiva.

51 Rue Clignancourt, 75018. Paris.
Metrôs Anvers (linha 2) ou Chateau Rouge (linha 4)
Tél : 01 42 55 97 17
Segunda a sexta, das 11h às 19h30. Sábado, das 10h às 19h e domingo das 11h às 19h.

Guerrisol

Um brechó pobre, aonde o público vai mais “por precisão do que por boniteza”, como diria Guimarães Rosa. Assim como o Hippy Market, tem diferentes endereços pela cidade. Este fica na divisa do 9ème com o 18ème. A maioria dos clientes é composta pela população de baixa renda, que é atraída pela variedade (a loja é imensa) e pelos preços: 80% das peças custam 5 euros, indo no máximo a 20 euros no caso de roupas de inverno ou vestidos. Ao contrário do Hippy Market, em que dá vontade de comprar praticamente tudo, aqui é preciso muita paciência para procurar até achar algo que valha a pena. Mas há. A maior prova disso é que, lado a lado ao público sem grana, você verá meia-dúzia de hipsters e descolados, que muitas vezes vão lá atrás de alguma raridade para revender depois em brechós mais chiques.

17 Boulevard Rochechouard. 75009. Paris.
Metro Barbès-Rochechouart (linhas 4 e 2).
Fone: 01 45 26 13 12.
Horários: todos os dias, das 10h às 19h30.

Aproveitando a viagem:

  • Os pontos turísticos mais próximos são a Sacré Coeur e o Moulin Rouge.
  • Aproveite para visitar dois endereços próximos já resenhados por aqui: a loja de discos Le Rideau de Fer e o café La Chope du Chateau Rouge (ao lado do Hippy Market).

About Gabriel B. 115 Articles
Connard, flâneur, ringard.

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Loja barata “de tudo um pouco” | Paris Lado B
  2. Neon bar 1 – Au Clair de Lune | Paris Lado B
  3. Performances no Dimanche Rouge | Paris Lado B

Comments are closed.